Skip to main content
Etapas para publicar um livro

Etapas para publicar um livro

Etapas para publicar um livro

 

Etapas para publicar um livro

 

Olá, eu sou Pedro Luís Braghin Batista e te convido a conhecer o mundo dos Livros!

 

Bom, primeiramente tem que se ter algo para escrever. Se quiser entrar nesse mundo, mas não tem muitas ideias, é preciso pesquisar. Escrever sobre o que você gosta ou domina é o princípio de tudo. Mas se já tem uma ideia então agora é a hora de colocar a “mão na massa”. Pesquise técnicas, estude as regras de português, identifique o que os leitores do seu nicho estão lendo e o que os atrai. Não é ser igual aos outros, mas sim entender que não se pode reinventar a roda, entendeu?

Organize-se

Tem que ser original também. Basei-se em bons exemplos, mas seja você mesmo.
Escreva. Leia o que escreveu. Revise cada página após escrever. Vai se surpreender de quantas coisas podem ser melhoradas. Eu costumo escrever em um papel (à mão mesmo) os nomes dos personagens, descrições e outros detalhes para que no meio do caminho eu não corra o risco de esquecer e acabar por cometer erros, como trocar os nomes ou ser redundante demais. Mas cada um é cada um. Não existe uma regra que define sua forma de escrever, o que existe são ferramentas que, se você conhecer, podem aumentar seu nível de acerto e torná-lo profissional.

Segurança

Enquanto escreve, sugiro não ir salvando tudo em um único arquivo. A cada vez que fizer alterações eu sugiro renomear um indicador. Exemplo: Livro_tal_12; em seguida Livro_tal_13 e assim por diante…
Salve em uma pasta e nunca deixe em um único dispositivo, salve preferencialmente em uma “nuvem” e a mantenha sincronizada com seus dispositivos.

Aceite Opiniões

A cada capítulo que escrever, feche um pdf e envie para pessoas de confiança para que lhe deêm um feedback. Nada melhor do que familiares e amigos dando opiniões. Escute o que eles dizem. Altere seu texto se precisar, eles serão o seu primeiro público e se souberem de alguma coisa que você melhorou graças a opinião deles, isso vai te ajudar a conquistar um público fiel.
É claro que não deve ficar muito bitolado em críticas muito próximas, pois o público geral que não te conhece pode não ter a mesma opinião da sua mãe, por exemplo.

Não desanime se alguns falarem que você não vai conseguir, ou que isso não dá dinheiro, ou que você não tem perfil. Você e apenas você sabe o que quer. Lute por isso! Ninguém mais vai fazer as coisas, senão você mesmo.
Depois de pronto comece a pesquisar. Pesquise editoras, muitas delas. Ente em fóruns, veja como jovens escritores estão fazendo. Tem muitos blogs legais para isso. Eu sugiro solicitar pelo menos dez contatos de editoras.

Etapas para publicar um livro

Para começar, geralmente contatar editoras “pagas” dá mais resultado. Pois editoras tradicionais vão demorar pra responder e como seu nome ainda não é conhecido, seu texto teria de surpreender muito para eles aceitarem a publicação. (mas não deixe de tentar! Vai que cola).
Outro jeito é arcar com tudo e fazer uma publicação independente. O retorno pode ser maior mas é muito complicado cuidar de tudo sozinho, sem contar que acaba saindo mais caro e como você provavelmente não será especialista em todos os seguimentos envolvidos, pode ser que o trabalho fique muito amador e não agrade o público (repito: pesquise. Talvez no seu caso essa modalidade seja a melhor, vai saber).

Por isso que editoras “pagas” podem ser uma boa forma de iniciar. Com algum investimento você pode escolher pacotes interessantes, inclusive alguma publicidade. Lembre-se, nada é de graça, mas se fizer um esforço, quem sabe o resultado não pode surpreender?
Envie seu texto. Ele será lido por profissionais que irão dizer se a história é comercializável, ou não.
Quando for aprovado, lhe enviarão um e-mail. “Parabéns! Sua obra foi aprovada” ou algo assim. A partir daí você será direcionado pelas etapas da editora. Agora é só seguir o fluxo.

O trabalho não acaba por aí, pelo contrário, agora é que o caldo engrossa. Após a aprovação, vão solicitar um arquivo (provavelmente word) da obra completa (sua versão final). Eles vão ler e corrigir a gramática, concordância, regras de todo o tipo e também sugerir modificações no texto para que fique mais atrativo.

Revise

Não fique chateado se o arquivo voltar para você todo grifado em vermelho ou azul para você corrigir. Esse é o trabalho deles! Se encontraram coisas erradas (mesmo que você tenha revisado várias vezes) quer dizer que estão atentos e isso é algo muito bom.
Corrija e envie para eles novamente. – esse ciclco pode se repetir algumas vezes até que autor e editora concordem perfeitamente com o texto.
Depois disso, é a hora de fazer a capa. Capriche! Gaste um tempo aí. Se não souber fazer, a editora fará para você (geralmente já está incluso no “pacote”, mas verifique isso antes). Planeje elementos, pesquise capas que você gosta. Lembre-se, muitos compram livros pela capa. (Eu não acho errado. A capa faz parte do projeto e é feita para isso mesmo).

Acredite em você

Quando você ver sua capa, com orelhas e a lombada com seu nome, nesse momento você vai querer explodir! Nesse momento você saberá que todo seu esforço valeu a pena e que você nunca mais será o mesmo. Você será um escritor.
Imaginamos grandes escritores, provavelmente ricos e de obras que viraram filmes e documentários. Mas a realidade é que esses são exemplos que podemos nos basear, mas não tenha isso em mente logo no início. Publicar é interessante, mas não é fácil. Ganhar dinheiro com isso vai depender do seu esforço, seu nicho e até um pouquinho de sorte. Repito: não deixe de sonhar e lutar pelos seus objetivos! Só oriento a não tirar tanto o pé do chão, pois a realidade não é um mundo colorido.

O interessante é que quando você chegar nessa etapa, você vai se imaginar dando autógrafos. Nesse momento você vai ter outras ideias e não vai mais querer parar de escrever. É agora que a roda começa a girar.
Não aposte em tiragens muito altas no início. Vá fazendo devagar. É melhor garantir um pouco do que ficar com livros encalhados numa caixa.

Divulgue

Grite para o mundo todo que você é o mais novo escritor da face da Terra! – Só não se esqueça de ser sutil. Pesquise formas profissionais de divulgar nas redes sociais para não chatear ninguém. Eu odeio vendedor chato, as vezes até quero comprar algo, mas deixo de comprar por causa do atendimento ruim.

Uma forma interessante é mostrar para o mundo primeiro quem você é. Depois dar algo a eles, alguma informação que os ajude, algo engraçado (sem ser fútil com piadas desnecessárias), não sei, invente! Depois de oferecer um conteúdo, instigue-os a algo mais… direcione, provoque, conduza-os ao seu livro, blog ou página de vendas.
Cada um tem uma bagagem, uma visão do todo, um conhecimento. Pesquise, estude, conheça cada coisa que possa ser útil nessa jornada. Não tem uma fórmula precisa para tudo isso, a única regra é: Levante e faça!

Etapas para publicar um livro

Eu sou muito fã de Lean Manufacturing, Gerenciamento de Projetos, essas coisas. Aprendi muita coisa legal sobre organização e procedimentos. No entanto, aprendi também uma coisa com a vida:
“Pensar é importante, pensar é essencial, pensar é obrigatório, mas só pensar é inútil”
Quero dizer: Planejar é importante, mas as vezes é preciso apenas começar… depois você adequa os detalhes. Ouvi muito falar que a maioria dos projetos falham devido não serem planejados. Mas quantos são bem planejados mas falham na execução?
Acredito que não fazer é mais perigoso do que não planejar. (Cuidado: não estou dizendo para fazer de qualquer jeito… apenas enfatizando a necessidade de por a “mão na massa”).

Bem… é isso. Não podemos parar de aprender, pois a vida é uma eterna escola…
Espero seu comentário, sua interação…

 

Etapas para publicar um livro

Etapas para publicar um livro

Etapas para publicar um livro

 

leia também outros assuntos

Leia: os aniversários de um velho escritor

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *